Videocirurgia

Colectomia - Retirada Parcial ou Total
do Intestino Grosso (Cólon)

Informações Gerais

Por que realizar?

O procedimento deve ser realizado quando há tumor benigno ou maligno no intestino grosso. É necessária a retirada do segmento envolvido para evitar duas complicações muito comuns: sangramento e obstrução intestinal, complicações que obrigam o paciente a ser submetido a cirurgia de urgência. Igualmente, é indicada para paciente portador de mais de duas crises de diverticulite aguda, que corre o risco de ter mais alguma crise com perfuração ou abscesso, necessitando cirurgia de urgência e internação hospitalar por vários dias - além dos riscos de complicações graves, como infecção e até a morte.

A intestino grosso não faz falta?

A principal função do cólon ou intestino grosso é a absorção de líquidos. Portanto, quando retirado, exige do paciente um período de adaptação, no qual é normal a produção de fezes muito líquidas. No entanto, devido à adaptação do organismo, haverá uma maior absorção pelo restante do intestino, com a normalização das funções em algumas semanas e ou meses.

Anatomia do intestino grosso

Anatomia do intestino grosso